Existe um segredo sombrio por trás daquela selfie descolada

Publicado em

Se você acompanha as redes sociais sabe que o que está em alta são muitas e muitas selfies, além de fotos mostrando comidas, objetos e lugares irados que passam pela vida da pessoa. Só que alguns especialistas começaram a criticar esses hábitos, alegando que essas atitudes servem para esconder uma realidade muito triste.

A exposição excessiva nas redes pode não ser um comportamento saudável

Um estudo tailandês concluiu que aqueles obsessivos com selfies são, na verdade, pessoas muito solitárias

Também pode representar sinais de desequilíbrio em algum aspecto da vida, como relações conturbadas ou saúde mental afetada

As selfies constantes representam sentimentos de vaidade e busca pela atenção alheia

O estudo observou 300 estudantes e analisou a frequência com que tiravam as selfies

A maioria era do sexo feminino, de 21 a 24 anos, e eram entrevistados para ter um perfil traçado (sinais de narcisismo, carência de atenção, buscar ser o centro da situação, e solidão)

Acontece que 50% do tempo desses jovens era gasto com celular ou internet

E, na maior parte do tempo, eles estavam postando fotos nas redes

Finalmente, concluíram que aqueles que eram mais sozinhos eram os que mais postavam as selfies…

… Para conseguir a aprovação dos outros

O chefe do estudo diz que a própria pessoa deve se observar e considerar se suas atitudes podem ser prejudiciais em relação à exposição excessiva

O que você acha? Se identifica com a situação ou conhece alguém que passa por isso?

Fonte: Diply

Gostou? Deixe seu comentário :)