Cadelinha ansiosa não gostava de ficar sozinha, então sua dona adotou uma gata

Publicado em

Em 2014, Samantha Kreisler visitou um abrigo para animais de Miami, e logo a cachorrinha mais fofa e triste do local chamou a sua atenção. A equipe do abrigo tentou convencê-la a não adotar aquele animal, pois daria muito trabalho devido à desnutrição e um problema misterioso de pele em suas patas traseiras.

Porém, Samantha insistiu e levou o bichinho para casa. Com o passar do tempo percebeu, que a cachorrinha sofria de ansiedade, e resolveu adotar um gato para ajudar a resolver o problema. Veja abaixo um pouco mais sobre essa história.

Quando Samantha Kreisler visitou um abrigo para animais, ela logo se encantou por Lady. “Nós tivemos uma conexão imediata. Ela estava tão triste e silenciosa em sua gaiola sozinha.” 

Mais tarde naquele dia, Kreisler saiu do abrigo com a cachorrinha doente, a quem apelidou de Lady. “Eu levei-a direto para o veterinário e eles fizeram alguns testes e descobriram que ela tinha micose, que estava causando a perda de pelo”. Lady também tinha diarreia e precisava ganhar muito peso. Seu maior problema, no entanto, era a ansiedade.

“Percebi que desde filhote ela tinha ansiedade sempre que a deixava sozinha”, disse Kreisler. “Ela literalmente ficaria fisicamente doente sempre que eu a deixasse”. Na época, a jovem era estudante na Universidade de Miami, e ela estava frequentemente ausente em casa, já que tinha que ir para as aulas.

Samantha acabou arranjando uma alternativa. Com a aprovação dos seus professores de ciências, levou a cachorrinha a todas as aulas durante o restante da faculdade. “Ela sempre foi bem comportada e simplesmente adorou estar ao redor das pessoas”. Porém quando Samantha iniciou seu mestrado, seus novos professores não eram tão compreensivos – Lady já não podia participar das aulas. Foi aí que ela teve outra ideia.

“Eu notei que ela tinha uma afinidade com o gato do meu vizinho, Bruce. Então eu decidi adotar um gatinho para Lady.” Samantha voltou para o mesmo abrigo da cidade onde ela adotou Lady, e ficou atraída por um dos animais mais solitários de lá – uma pequena gatinha.

“Eu fui em uma sala para segurá-la e ela logo adormeceu no meu peito. Amei-a imediatamente.” Lady também amou o novo membro da família, a quem Samantha começou a chamar de Kitty.

Lady e sua nova companhia

“Lady trouxe para Kitty seus brinquedos favoritos. E uma vez até trouxe sua cama para cachorro. Meu coração derreteu.”

Agora Lady e Kitty não fazem nada uma sem a outra. São inseparáveis!

“Todas as manhãs, elas acordam e se juntam”, disse Samantha Kreisler. “No verão eles adoram sentar-se na alpendre juntas. Lady gosta de ver os carros e as pessoas, enquanto Kitty se concentra em esquilos e pássaros. Elas são uma dupla inseparável “.

Elas também adoram brincar de perseguir uma a outra

Lady adora sua pequena irmã felina. E desde que Kitty entrou em sua vida, a ansiedade de Lady desapareceu e ela não fica mais doente.

Eles são irmãs e melhores amigas, e provam que a amizade entre os animais também é linda e pode curar muitos males.

Fonte: The Dodo

Gostou? Deixe seu comentário :)