11 Das piores dores que podem ser sentidas por um ser humano

Publicado em

A dor é uma sensação nada agradável e pode levar qualquer um a loucura quando é mais intensa.

Claro que algumas pessoas são mais sensíveis que as outras, porém quando se trata dessas dores a seguir, quase ninguém está imune a elas!

Difícil é não sentir agonia ao imaginar o quanto cada uma dessas coisas doem!

1 – Pedras nos rins

Você provavelmente ao menos já ouviu falar da famosa cólica de rim, causada por depósitos sólidos que se formam dentro dos rins e viajam pelo trato urinário. Alguns pacientes já relataram até perdas de visão e audição por conta da dor, que parece ser capaz de deixar a pessoa desorientada também com relação a tempo e espaço.

2 – Cefaleia em salvas

A maioria das pessoas acha que a enxaqueca é a pior dor de cabeça que podemos conhecer. Porém, há uma dor de cabeça que se repete, ocorrendo em picos de 15 minutos e que atinge menos de 1% da população mundial. Ela é conhecida por ser semelhante a dor de ter um objeto pontiagudo sendo penetrado na região ao redor do olho.

De tão forte, é também popularmente conhecida como “dor de cabeça suicida”, devido a vontade de morrer que se sente ao ter os episódios de crise. Segundo a medicina, é uma das piores, senão, a pior dor que o ser humano pode sentir.

3 – Neuralgia trigeminal

Embora rara, é uma condição crônica que afeta um nervo que passa ao longo do rosto para o cérebro. A dor, que foi descrita como sensação de choque elétrico, torna-se progressivamente pior ao longo do tempo para a maioria dos pacientes. Há casos de pessoas que se mataram por causa dessas dores, que vão se tornando insuportáveis.

4 – Cobreiro

Popularmente conhecida como “cobreiro”, a herpes zóster é uma infecção viral capaz de provocar bolhas na pele e dor intensa.

5 – Dor do Parto

A dor do parto é conhecida como uma das mais terríveis de serem sentidas. As contrações, que vão e vem durante o processo, trazem a dor e sua intensidade varia de mulher para mulher.

6 – Abcessos dentários

Provocam dores fortíssimas e consistem no acúmulo de pus de uma infecção bacteriana, no centro do dente. Essa é a pior dor dentária, e em alguns casos pode fazer com que seu dente tenha que ser extraído completamente.

7 – Fibromialgia

É uma dor generalizada nos músculos que é acompanhada por dores de cabeça e fadiga. Grande parte dessas pessoas com esta condição sofrem tanto com as dores que são incapazes de trabalhar.

Em momento oportuno, a cantora Lady Gaga veio a público declarar que sofre deste problema que, se não tratado com rigor, pode até mesmo comprometer sua carreira.

8 – Queimaduras de terceiro grau

Quando as queimaduras são graves, a dor pode ser comparada a do parto, e isso ainda piora dependendo da região. A recuperação é um processo bastante sofrido e lento, já que requer troca de curativos constantemente, enxerto de pele e aplicação de medicamentos.

9 – Pedras na vesícula

Também chamada de cálculo biliar, e colelitíase pelos médicos, a pedra na vesícula afeta cerca de 20% da população mundial. Quando esses cálculos se alojam na vesícula biliar, não causam nenhum tipo de sintoma, mas quando eles ficam presos no canal biliar, bloqueiam o fluxo da bile para o intestino, causando a chamada cólica biliar.

10 – A picada da formiga-cabo-verde

É conhecida por seu tamanho grande e sua picada extremamente dolorosa. A dor foi classificada por Justin Schmidit, um renomado entomologista americano, com um “4.0+” em sua tabela de classificação de dor causada por insetos, que vai de 1.0 a 4.0.

Um ritual indígena usa estas formigas em uma luva, onde o menino que está prestes a se tornar homem coloca as mãos dentro e precisa suportar a dor. Um canal de TV australiano acompanhou o hábito da tribo brasileira Sateré-Mawé e resolveu viver na pele essa experiência! Confira:

11 – Síndrome da dor regional complexa

Embora o nome desta condição pareça bobagem, a dor é muito real, geralmente ocorrendo em um dos membros após trauma ou lesão simples – mesmo um tornozelo torcido ou um braço quebrado. A dor e o inchaço começam em uma pequena área, em seguida, se espalha por todo o membro, fazendo com que ele se sinta “como um maçarico”, nas palavras de um sofredor. Há casos em que o simples toque na pele pode desencadear um processo de dor aguda.

Os médicos não têm certeza do porquê algumas pessoas desenvolvem a condição, embora eles geralmente concordem que há um componente genético, e mais mulheres são afetadas do que os homens. Uma combinação intensa de reabilitação, medicamentos e neuroestimulação ajudam a controlar a dor.

Fonte: MedicalDaily

Gostou? Deixe seu comentário :)