8 Dicas simples para não ser manipulado

Publicado em

Ninguém quer ser manipulado, mas quem é, raramente tem consciência de que isso está acontecendo. O pior é que o manipulado acha que está tendo suas próprias ideias, mas tudo foi colocado na sua cabeça pelo manipulador, e para atingir seus próprios objetivos.

E o que fazer para não se tornar uma vítima? O especialista em comunicação, Preston Ni, deu algumas dicas bem simples para que você possa fugir dessa situação. Confira:

1. Conheça seus direitos fundamentais

Essa é a dica mais importante. Se você estiver ciente dos seus direitos e reconhecer quando forem violados, dificilmente alguém conseguirá te manipular. Lembre-se que você sempre poderá:

  • exigir um tratamento respeitoso;
  • expressar suas opiniões e vontades;
  • decidir suas prioridades;
  • dizer ‘não’ sem se sentir culpado;
  • receber pelo o que pagou;
  • se proteger de ameaças físicas, mentais e emocionais;
  • construir uma vida saudável e feliz.

Tudo isso representa um limite, que não poderá ser violado por outras pessoas. Assim, você tem o poder e a autoridade moral de declarar que você é o condutor da sua vida, e não o manipulador.

2. Preserve seu espaço

Um manipulador tende a ter várias caras diferentes; ele age de formas extremas e opostas em diferentes situações sociais, é a famosa Falsiane. E se você perceber esse traço em alguém, preserve seu espaço e mantenha distância. Evite uma relação íntima com essa pessoa, pois você pode acabar sendo prejudicado.

Manipulado-2

3. Evite culpar-se

Os manipuladores se aproveitarão de suas fraquezas, expondo-as para que você se sinta inadequado e ainda fique se culpando por não conseguir satisfazê-los. Lembre-se, porém, de que você não é o problema, e não deve se sentir mal consigo mesmo. Para definir a situação, pergunte-se:

  • Estou sendo tratado com respeito sincero?
  • As expectativas e demandas dessa pessoa são razoáveis para mim?
  • A relação é recíproca?
  • Ultimamente, me sinto bem comigo mesmo na relação?

Essas perguntas o farão ver qual o verdadeiro problema da relação, você ou a pessoa.

Manipulado-3

4. Coloque-o em foco

O manipulador mandará você fazer algumas coisas, mas se houver algum pedido desproporcional, coloque o foco nele, fazendo as perguntas certas para ver se a pessoa é capaz de constatar o absurdo dos pedidos. Por exemplo:

  • Isso parece certo pra você?
  • O que você deseja parece justo?
  • Eu tenho alguma escolha nisso?
  • Você está me pedindo ou me contando?
  • O que eu consigo com isso?
  • Você realmente espera que eu faça isso?

Ao fazer isso, você coloca um espelho na frente do seu manipulador, que deve enxergar sua verdadeira cara. E se mesmo assim, ele não se intimidar, podemos estar diante de um caso patológico.

5. Use o tempo a seu favor

O manipulador sempre vai exigir respostas imediatas, pois assim ele aumenta a pressão e controla a situação. Mas você deve dar um tempo a si mesmo antes de dar uma resposta.

Apenas diga: “Vou pensar nisso”. Desta forma, você poderá ver se realmente deseja fazer o que foi solicitado.

Manipulado-4

6. Saiba dizer um ‘não’ firme, mas diplomático

A arte da comunicação está em dizer um não convicto e diplomático. Isso faz com que você trabalhe muito bem as suas relações.

Manipulado-5

7. Verifique as consequências

Quando um manipulador insiste em violar seus limites, isso gera consequências. E identificar essas consequências desarticularão os planos dessa pessoa.

8. Enfrente os valentões – de forma segura

Tenha em mente que o valentão (que por dentro é um grande covarde) só vai provocar aquele que ele considera mais fraco. Logo, se você for sempre passivo e complacente, você será um alvo.

Se o alvo começar a se mostrar forte e seguro, o valentão vai perder o interesse. Isso se mostra verdade no ambiente escolar, e também no doméstico e laborativo.

Manipulado-6

Fonte: Bright Side

Gostou? Deixe seu comentário :)