7 Maravilhas do mundo das quais pouco se houve falar

Posted on

No mundo existem várias maravilhas arquitetônicas que são muito conhecidas, como o Coliseu ou a Grande Muralha da China. Mas há outros lugares incríveis, que não são tão famosos, mas que deveriam ser mais difundidos por usa beleza e importância cultural.

São construções de arquitetura peculiar, que foram construídos há muitos anos, e que certamente merecem mais destaque. Veja abaixo sete obras arquitetônicas que você talvez nunca tenha ouvido falar.

1 – Grande Mesquita de Djenné, Mali

A Grande Mesquita de Djenné é o maior edifício em adobe (argila misturada à palha e seca ao sol) do mundo. Está localizada na cidade de Djenné, Mali, e foi declarada como Patrimônio Mundial pela Unesco em 1988. O estilo de sua arquitetura é  Sudano-Saheliano, embora tenha influências islâmicas.

sete-maravilhas-do-mundo-1

sete-maravilhas-do-mundo-1-2

sete-maravilhas-do-mundo-1-3

2 – Chand Baori, Índia

O conjunto arquitetônico de Chand Baori, localizado em uma pequena aldeia na Índia, possui uma estrutura gigantesca, se assemelhando a uma pirâmide invertida. Seu incrível labirinto de degraus simétricos parece formar um caminho infinito até o fundo da terra.

sete-maravilhas-do-mundo-2

sete-maravilhas-do-mundo-2-1

sete-maravilhas-do-mundo-2-2

3 – Palácio do Parlamento, Romênia

Localizado em Bucareste, o Palácio do Parlamento foi construído na época da República Socialista da Romênia. É considerado como o maior edifício administrativo do mundo, com 1.100 quartos e 12 andares (e mais oito andares no subsolo). O projeto, que possui arquitetura no estilo neoclássico, custou o valor de 3,3 bilhões de euros.

sete-maravilhas-do-mundo-3

sete-maravilhas-do-mundo-3-1

sete-maravilhas-do-mundo-3-2

4 – Ponte Velha do Centro Histórico de Mostar, Bósnia e Herzegovina

A Ponte Velha de Mostar é um belo exemplo da arquitetura islâmica nos Balcãs. Foi construída no século XVI, como projeto do arquiteto Mimar Hajrudin, possui mais de 30 metros de comprimento e 24 de altura, cruzando o rio Neretva e ligando dois lados da cidade.

sete-maravilhas-do-mundo-4

sete-maravilhas-do-mundo-4-1

sete-maravilhas-do-mundo-4-2

5 – Kumbhalgarh, Índia

A Grande Muralha da Índia, também conhecida como Kumbhalgarh, é a segunda maior muralha do mundo, ficando atrás apenas da famosa muralha da China. O local é muito antigo – foi feito em 1443 por encomenda do monarca Rana Kumbha, que queria proteger sua fortaleza, situada em uma montanha próxima.

sete-maravilhas-do-mundo-5

sete-maravilhas-do-mundo-5-2

6 – Mesquita Sheik Lotf Allah (ou Lotfollah) – Isfahan, Irã

Essa mesquita, que possui decoração luxuosa e bem trabalhada, demorou 17 anos para ser construída – entre 1602 e 1619. Sua construção é bem diferente, pois não há minaretes ou pátio central, como em outras mesquitas. Ela foi construída durante o reinado do Xá Abas 10, para servir como local de culto às mulheres do harém do Xá, não sendo portanto, um local aberto ao público.

sete-maravilhas-do-mundo-6

sete-maravilhas-do-mundo-6-1

sete-maravilhas-do-mundo-6-2

7 – Forte de Derawar, Bahawalpur, Paquistão

Derawar é um edifício erguido em 1733, no Paquistão. Poucas pessoas conhecem essa fortaleza, até mesmo alguns paquistaneses não têm ideia de sua existência. Para visitar a parte interior da construção, é necessária uma permissão do amir, ou líder local.

sete-maravilhas-do-mundo-7

sete-maravilhas-do-mundo-7-2

Fonte: Genial Guru

Gostou? Deixe seu comentário :)