ubc

É isso o que acontece com as bagagens perdidas cujos donos não foram reivindicar

Publicado em

Imagine a possibilidade de vasculhar as bagagens dos outros, escolher o que você gosta e comprar a preço de barganha. Isso é o que pode ser feito no Unclaimed Baggage Center (UBC), localizado em Scottsboro, Alabama.

O UBC foi fundado em 1970, por Doyle Owens, que comprou as bagagens não reclamadas de uma empresa de ônibus, colocou em uma pick-up e vendeu tudo, tendo bastante lucro. Com o passar do tempo, largou o negócio com empresas de ônibus e passou a investir em bagagens das empresas aéreas.

Algumas pessoas, por algum motivo, não pegam suas bagagens depois do voo, simplesmente abandonam as malas. Existem também os casos de bagagens que são extraviadas e ninguém aparece para reclamar. A companhia aérea guarda toda essa tralha, já que às vezes é impossível localizar o dono, e é aí que o UBC (Centro de Bagagens Não-Reclamadas) entra, comprando aquelas malas abandonadas e vendendo em sua loja por um preço abaixo do mercado.

bagagens_perdidas

Muita gente vai até a loja atraída pelos produtos de marcas famosas que são achados no meio das bagagens e vendidos a preços mais em conta. Além disso, tudo pode ser achado lá: roupas, perfumes e desodorantes já pela metade, relíquias, jóias, eletrônicos, casco de tartaruga, uma cobra viva, uma roupa anti-chamas, uma armadura de cavaleiro…e o que mais alguém quiser carregar dentro da mala.Veja uma lista das coisas mais estranhas já achadas pelo UBC:

bagagens_perdidas2

• Casco de tartaruga gigante
• Pele de cobra
• Uma cobra viva
• Pele de urso conservada em sal (e o pessoal do UBC afirma que tinha um cheiro péssimo)
• 50 sapos guardados a vácuo
• Um longo Versace
• Kilt escocês
• Armadura de cavaleiro medieval (uma réplica feita no século XIX)
• Um diamante
• Uma esmeralda
• Uma câmera de ônibus espacial (devolvida à NASA)
• Um sistema de orientação de mísseis de um avião de caça com a seguinte placa: “Manuseie com extremo cuidado. Eu valho meu peso em ouro” (devolvido à Força Aérea Americana)
• Cinzas humanas
• Caixão
• Uma cabeça encolhida
• Uma máscara fúnebre egípcia
• Um falcão mumificado datado em 4000 anos

Um fato muito bizarro (talvez ainda maior que a lista acima) é que eles vendem roupas íntimas como calcinhas, cuecas, biquínis…tudo usado – e tem quem compre!

bagagens_perdidas3

Segundo o próprio UBC, teve gente que deu muita sorte comprando as mercadorias de lá. Já acharam 500 dólares na barra de uma calça, um vaso comprado por 80 dólares e depois avaliado em 18.000,00 dólares, e uma pintura comprada por 60 dólares e depois avaliada em 25.000,00 dólares.

bagagens_perdidas4

Porém, hoje em dia, devido ao grande sucesso do negócio, as coisas já não são mais conseguidas a preços tão baixos, pois eles fazem a seleção prévia do que realmente tem valor, separando esse tipo de coisa da barganha.

bagagens_perdidas5

Existe um espaço dedicado às peças mais curiosas que são achadas nas bagagens. O boneco Hoggle estava na bagagem de alguém que não quis mais saber dele. Hoggle é um anão do filme Labirinto – A magia do tempo, de 1986, e foi achado esquecido dentro de uma mala, todo deteriorado, sendo restaurado pelo UBC e colocado em exposição no museu da loja.

bagagens_perdidas6

Gostou? Deixe seu comentário :)