Geralmente vemos gatos bagunçando com os cachorros, mas esses cachorros aqui não gostam nem um pouco do gato de casa e fazem questão de mostrar isso.

Continue lendo...

Não desconfie do título desse post, você não leu errado. As histórias que você lerá a seguir não possuem mais que duas frases, mas que serão suficientes para levantar os pelos da sua nuca.

 

VEJA TAMBÉM: Luzes apagadas | Você ACHA que não tem medo do escuro

Continue lendo...

Sim, todos os gatos gostam de entrar em caixas!

Talvez isso seja um pré-requisito para ser gato: se um gato não gosta de caixa, ele não é um gato. Simples assim.

Continue lendo...

Sério, com certeza você nunca viu uma piscina como essa! O motivo disso? O artista Jeroen Bisscheroux é especialista em criar coisas que, na verdade, não estão realmente lá. Você vai entender.

Continue lendo...

O designer canadense Andrew Knapp é dono de um simpático cão da raça border collie chamado Momo. Nas muitas brincadeiras entre cão e dono, Andrew percebeu um hábito um tanto estranho: quando ele arremessava um graveto para Momo ir buscar, o cachorro simplesmente se escondia em vez de retornar com o objeto.

Foi aí que Andrew teve a excelente ideia de fotografar Momo nos locais mais improváveis que ele se escondia e presentear amigos e familiares com as imagens. Percebendo o sucesso que as fotos faziam, o designer resolveu criar um blog, chamado Find Momo, para expô-las.

Em vez de simplesmente exibir as imagens, como sempre fazemos aqui no Tudo Interessante, resolvemos aderir ao espírito da brincadeira e criar algo diferente para divertir nossos leitores.

Continue lendo...

Você deve se lembrar desse pai que filmou seu filhinho por 1 segundo ao dia.

Em uma iniciativa parecida, o cineasta holandês Frans Hofmeester compilou em um vídeo uma série de gravações de 15 segundos semanais feitas de sua filha Lotte, registadas do 0 aos 14 anos.

O resultado é bem legal, e fica aí a dica para os pais que não querem esquecer nenhum ano de vida de seus filhos.

Continue lendo...

É, o universo é mesmo implacável. Pra quem não acredita que “você colhe o que planta” ou em ação e reação, aqui vai mais uma prova irrefutável de que é preciso aceitar que nem tudo pode ser nosso, e que quando forçamos a barra, aí mesmo que as coisas podem se voltar contra a gente.

Essa garotinha, ao ver o garoto dançar com outra menina, se enche de ciúmes e parte pro ataque. Mas o que acontece ao final serve de lição pra muita gente.

Continue lendo...

12345 »