10 Picadas de inseto que você deve saber identificar e ficar atento

Publicado em

Ser picado por um inseto sempre é chato, embora seja muitas vezes inevitável. Essas mordidas são bem incômodas, causando coceira, vermelhidão e ardência, por exemplo.

Alguns pequenos insetos podem até mesmo transmitir graves doenças. Veja abaixo um pequeno guia para identificar qual inseto andou te “atacando”.

1 – Pulgas

As picadas de pulgas podem facilmente ser confundidas com alergia ou com picadas de pernilongos, já que provocam inchaço avermelhado. Porém, ao contrário dos mosquitos, as pulgas picam com bastante força, provocando dor e coceira. Geralmente elas atacam os humanos nas pernas, mas se a pessoa estiver dormindo, qualquer parte do corpo pode ser atingida. As pulgas são capazes de transmitir infecções graves, por isso, todo cuidado é pouco.

2 – Carrapato

O corpo fica com uma mancha vermelha no local atingido. O inseto é capaz de ficar muito tempo grudado no corpo da vítima, alimentando-se de seu sangue e aumentando de tamanho. É importante ter cuidado, pois os carrapatos podem transmitir várias doenças aos humanos, como a doença de Lyme, por exemplo.

 

3 – Formiga

A maioria das formigas não representam perigo para os humanos. No entanto, algumas espécies podem provocar problemas, como a formiga-de-fogo. O veneno dessas formigas possui toxinas, por isso a vítima pode desenvolver uma forte alergia ou até mesmo um choque anafilático. No caso das formigas comuns, a lesão lembra a provocada por mosquitos – surge na pele uma mancha rosada que, após algum tempo, começa a coçar. No momento da picada, a pessoa também sentirá ardência.

4 – Abelha

As abelhas costumam deixar seu ferrão no local da mordida, e é preciso removê-lo. Geralmente, a pele fica avermelhada e inchada. A vítima sente uma dor forte e a pele “queimando”. Se a vítima tiver alergia ao veneno das abelhas, podem surgir problemas respiratórios, sendo necessário atendimento médico.

5 – Mosquito (Pernilongo)

As picadas de pernilongo deixam pequenos inchaços avermelhados e provocam coceira. Na maioria das vezes, aparecem em partes do corpo que ficam descobertas. Eles preferem morder as áreas do corpo onde a pele é mais fina, o que facilita à chegada aos vasos sanguíneos.

6 – Mutuca

Elas lembram moscas comuns, mas são maiores e robustas. Esse inseto pica e suga o sangue dolorosamente. No início, a região afetada fica avermelhada, com uma mancha de cerca de 1 milímetro. Depois, surgem o inchaço e a coceira. 

7 – Piolho

As picadas de piolho são caracterizadas por pequenos pontos avermelhados, parecidos com as picadas de mosquitos. Se for em locais do corpo onde tem muitos pelos, provavelmente é mordida de piolho comum. Se encontrar esses pontinhos em outras partes do corpo, os responsáveis podem ser os piolhos de corpo. Embora minúsculos, os piolhos podem transmitir doenças graves, como tifo e a febre das trincheiras.

8 – Zangão

O lugar afetado fica avermelhado e muito inchado, e às vezes podem surgir bolhas. A vítima sente uma dor muito forte, pior do que a provocada pela picada de vespa comum. O veneno da vespa cabro é mais tóxico, e se a pessoa sentir dificuldade de respirar, é preciso procurar atendimento médico imediatamente.

9 – Percevejos de cama

As picadas desses insetos lembram as das pulgas ou uma reação alérgica. A parte do corpo atingida pode apresentar vermelhidão, forte coceira e inchaço. Depois, aparecem “rastros” que ficam na pele. As picadas são sempre próximas umas das outras, e as lesões provocadas pelos percevejos de cama são mais doloridas que as dos mosquitos.

10 – Vespa

Os sintomas de uma picada de vespa são semelhantes aos de uma picada de abelha. A área da pele atingida fica avermelhada e inchada, e a vítima sente dor, queimação, e depois uma coceira que incomoda bastante. Se a pessoa for alérgica, pode sofrer um choque anafilático.

Fonte: Bright Side

Gostou? Deixe seu comentário :)