Ela tem 26 e possui uma condição rara na pele, mas isso só a deixou mais forte

Publicado em

Sara Geurts tinha apenas 10 anos quando foi diagnosticada com uma raríssima doença de pele, a Síndrome de Ehlers Danlos do tipo Dermatoparaxis. Nessa condição, a pele se torna extremamente frágil, a textura da pele é macia e pastosa, flacidez e excessos de pele são evidentes.

Assim, Sara parecia ter muito mais idade e até certo ponto de sua vida, se tornou sua grande insegurança.

Agora com 26 anos, Sara está determinada a mostrar ao mundo que não tem vergonha de si mesma e está desfilando na cara da sociedade!

Ela tem trabalho para lutar contra os padrões de beleza. “Cada imperfeição que você tem é sua e conta uma história sobre você e quem você é, e as lutas e jornadas que você tem enfrentado”.

A SED tipo Dermatosparaxis é causada por uma mutação na codificação genética da proteinase ADAMTS2 do pro-colágeno, que causa uma deficiência nessa proteinase, uma enzima que  ajuda no processamento de pró-colágeno de tipo I.

Em seu Instagram ela divulga seu trabalho e escreve mensagens positivas e de apoio a todas as pessoas que sofrem com alguma forma de preconceito ou não se sentem aceitas. 

Fonte: BoredPanda

Gostou? Deixe seu comentário :)