Esse cãozinho foi expulso do treinamento policial – por ser “bonzinho” demais!

Publicado em

Os cães de serviços militares são verdadeiros companheiros da corporação e ajudam em perseguições, rastreio de bombas e drogas.

Por isso, passam por avaliações físicas e psicológicas, além de treinamento adequado, para que não percam suas características e, ao mesmo tempo, saibam manter o foco quando estão em ação.

Porém, um cãozinho de Queensland, na Austrália, amoleceu o coração de muita gente com a história de sua “carreira” policial. O pastor alemão Gavel foi reprovado nos treinamentos da polícia local por ser dócil demais!

Isso mesmo! Gavel brincava com frequência durante o treinamento e adorava ficar de barriga para cima, pedindo carinho. Por ser muito sociável nas linhas de frente, sua admissão na corporação se tornou impossível.

Porém, a história de Gavel ficou mais conhecida após o cãozinho ter ganhado uma nova função! Meses depois da reprovação, Gavel passou a receber visitantes no Palácio do Governo de Queensland.

Gavel agora é conhecido como o ‘primeiro-cão oficial vice-régio da província’ e  já foi visto em entrevistas coletivas com o governador do Estado, Paul de Jersey.

Esse final feliz é mais do que merecido! Afinal, trata-se do cãozinho mais dócil que a polícia australiana já encontrou!

Fonte: DailyMail

Gostou? Deixe seu comentário :)