Ela perdeu um pé para o câncer, mas deu a volta por cima com muito bom humor

Publicado em

Em 2011, a jovem Kristi Loyall começou a sentir dormência no seu dedo mindinho do pé direito, foi ao médico, mas ele disse que não era nada sério. Com o passar dos anos, a dormência passou a atingir metade do seu pé, e à noite ela sofria com fortes dores, mas ninguém conseguia um diagnóstico concreto.

Em 2015, um caroço apareceu, e após alguns exames de imagem, disseram que se tratava de um tumor de gordura benigno que comprimia seus nervos, causando as dores e dormências. Só que em 2016, constataram que se tratava sim de câncer, e ela precisou de uma cirurgia para a retirada do tumor. Infelizmente, a cirurgia não foi bem sucedida e o câncer se alastrou por todo o pé de Kristi, não deixando outra opção que não a amputação.

Mas isso não quer dizer que a garota ficou sem o pé. Ela ainda o tem, mas não no lugar de sempre…

“Eu perguntei: ‘Posso ficar com meu pé?’. Ele pensou que eu estivesse brincando , mas depois ele disse: ‘Acho que pode, mas não são muitas pessoas que pedem por suas partes amputadas de volta'”, contou Kristi

E ela alerta: “Se você tem caroços ou anormalidades, eu sugiro que verifique isso. Eu poderia não ter perdido o pé se tivesse agido um pouco mais rápido”

Esse câncer foi um tipo muito agressivo, por isso ela precisa ser monitorada com exames num centro de tratamento de câncer, em Houston, Texas (EUA)

Para ela, ter bom humor e bons amigos são a chave para uma boa recuperação

“Primeiro pensei que minha vida tivesse acabado, mas quando peguei meu pé de volta, fiquei mais positiva. Eu era pessimista, mas isso mudou minha atitude em relação à vida”

Como parte de sua recuperação, ela leva o pé a todo lugar

“Um dos meus principais mecanismos para enfrentar a situação é fazer piada de tudo. Fiz um Instagram e adoro tirar fotos do pé”

A conta é @onefootwander

E as pessoas estão sempre a apoiando com comentários positivos

Quando ela está em púbico, a maioria pensa que o pé que ela leva consigo é de plástico

Uma de suas preocupações é que seu cachorro queira provar um pouco de seu pé. “Guardo o pé no carro para que meu cachorro não o pegue. Geralmente, deixo no porta malas, numa caixa de sapatos” contou com muito bom humor

E aí? Você teria tanto bom humor assim?

Fonte: Lifebuzz

Gostou? Deixe seu comentário :)